terça-feira, 7 de junho de 2016

VOCÊ ACREDITA EM MILAGRE?

Nessa semana peguei um táxi e o motorista perguntou o porque de eu usar uma bangala. Comentei por alto que eu tinha artrite e que estava com um sério comprometimento nas articulações do pé e, se eu não fizesse uma cirurgia para a colocação de uma prótese, eu não poderia parar de usar o apoio, que tinha como objetivo tirar o peso dos tornozelos.

Surpreso em saber que eu tinha artrite tão nova (assim ele achava rsrs), em seguida me perguntou se eu acreditava em milagres.  Já sabendo o que vinha em seguida (muitos já me fizeram essa pergunta), disse que sim, disse que acreditava.  Então, ele disse-me que pertencia à Universal (IURD) e que lá muitos milagres eram feitos.  

Contei a ele que eu também era evangélica, que era Batista, e que portanto, sim, acreditava em milagre, MAS, que não buscava milagres "espetaculosos", daqueles que paralíticos saíam andando, cegos voltavam a ver e etc; que acreditava que não era mais necessário que Deus se manifestasse assim o tempo todo, como nos tempos de Jesus; que hoje um milagre podia acontecer de diversas formas e, uma delas, era na capacitação de um profissional que fosse capaz de produzir uma prótese, que fosse capaz de substituir um membro; estava na capacidade de através da inteligência humana, se produzir soluções capazes de curar doenças, sanar dores, etc.  Portanto, eu acreditava que Deus já havia realizado muitos milagres na minha vida me dando todos os meios e pessoas capacitadas para tratar da minha artrite.  Que eu podia sentir o cuidado de Deus em todos os momentos da minha vida. 

O motorista não gostou nada do meu discurso, e ainda bem que o percusso até em casa era pequeno, porque ele ficou muito chateado. Disse que eu, então, não acreditava em milagre, e portanto, precisava conhecer Deus melhor, e por aí foi até a hora eu desci do táxi.

Mas, então, o que é milagre? Segundo os dicionários "Entende-se por milagre a ação, o fato ou acontecimento que é impossível de explicar-se segundo as ciências naturais";"Fato que se atribui a uma causa sobrenatural". Mas, também pode ser um "fato que, pela raridade, causa grande admiração" (Michaelis)

Poderia ter Jesus realizado muito mais milagres do que realizou no período em que esteve aqui? Se sim, por que não o fez? 

Porque, segundo alguns estudiosos da Bíblia dizem, o milagre não era o mais importante na pregação de Jesus. Naquele momento ele precisava mostrar o seu poder sim, mas o mais importante era chamar o povo ao arrependimento do pecado e à obediência à Deus Pai, que se reconhecesse Deus como Pai, Amigo, Consolador e não apenas por seus milagres.

Pode Deus, nos dias de hoje, realizar milagres como realizou através de Jesus? Sim, eu como cristã creio que sim, mas hoje temos as Escrituras para nos dizer do poder de Deus e dos milagres de Jesus, e um milagre  naqueles moldes não se faz mais tão necessário.  É preciso fé (firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não vêem. Hebreus 11.1) para seguir, para acreditar que é possível viver sem aguardar por um milagre espetacular o tempo todo. E eu tenho fé de que participo de pequenos milagres todos os dias.