segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Ó MORTE, ONDE ESTÁ Ó MORTE A TUA VITÓRIA?

"Ó morte, onde está ó morte, a tua vitória, Jesus ressuscitou!!" Este é um cântico conhecido nas igrejas evangélicas. Cantamos sempre em momentos de alegria, pois cremos que a morte não é vitoriosa; a morte do crente é o encontro dele com o Cristo vitorioso! A morte da carne é a ressurreição da vida, da vida eterna ao lado de Deus.

Mas quando perdemos uma pessoa que amamos muito, fica muito dificil cantar que a morte não é vitoriosa. E, mais ainda, ouvir nos sermões que aquele que amamos agora está ao lado de Deus, compartilhando ao lado d'Ele maravilhas que só quem parte para lá pode usufruir. É dificil nos convencer disso, quando estamos de luto.

Sinceramente, creio que por mais que amemos a Deus e que creiamos que estaremos ao seu lado quando morrermos, nos custa muito "perder uma pessoa para Deus".

No final da semana passada perdemos uma moça, uma moça de 44 anos, que morreu tão rápido e inesperadamente, que ainda estamos nos perguntamos como isso aconteceu. Ela partiu deixando mãe, irmãos, marido, um filho de 13 anos (Que ainda não entendeu porque Deus leva a mãe dele e o deixa órfão tão cedo!) e amigos enlutados. Nunca estamos preparados para perder quem amamos, ainda mais quando partem tão cedo! Não aceitamos a morte prematura de pessoas novas, do bem e com tanto futuro pela frente! Mãe nenhuma aceita enterrar um filho! Nós, que temos a mesma idade ou quase perto, tememos: podia ser eu! E eu tenho tanta coisa ainda pra fazer.

O final do cântico diz: Onde está ó morte a tua vitória, Jesus ressuscitou!
Para o crente evangélico a morte não é o fim, mas o começo da vida eterna. Aquele que morre em Cristo não conhecerá a morte espiritual. O corpo morre mas o espírito viverá para sempre ao lado do Cristo ressuscitado. Cristo morreu e ressuscitou! Assim será com aquele que crê em Cristo. Morrerá mas ressuscitará, em um novo corpo, em um novo tempo, em uma nova terra.

É com essa fé que, o crente em Jesus Cristo, supera a morte. Estamos no mundo e sujeitos às coisas do mundo, assim diz a Biblia. Portanto, não estamos livres do perigo, das doenças e nem das interpéries da natureza. E, se Deus permite que essas coisas aconteçam a seus filhos, é porque ele nos dará o conforto para superá-las. E o crente em Cristo é assim. Chora, sofre, mas segue a vida sorrindo, pois se "Deus é por nós, quem será contra nós" e nem a morte é capaz de nos fazer afastar desse Deus!